Segunda Feira, 12 de Novembro de 2018
Você sabe ler?


07/08/2015
A pergunta parece estranha, mas, se você chegou até aqui é porque sabe ler. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na manhã de quarta-feira (5) as notas por escola da edição do ano passado do Exame Nacional do Ensino Médio  (Enem).
            Os dados são preliminares e abrangem resultados de 15.640 escolas de todo o país. Nelas, 1.295.954 estudantes fizeram o Enem. A divulgação dos dados de 2014 marca o terceiro ano consecutivo em que o governo federal não apresenta a média geral em formato de ranking. O objetivo é diminuir o impacto da comparação direta entre as instituições de ensino. Além do governo, especialistas em educação apontam que o Enem é um elemento, mas não pode ser critério único para definir a qualidade de uma escola.
            Em 2014, apenas 93 escolas públicas entraram na lista das mil com as melhores notas, ou seja, menos de 10% dos participantes.
Merece destaque o fato de que entre os 20 colégios mais bem posicionados, cinco estão no estado de São Paulo. Tanto Minas Gerais quanto Rio de Janeiro têm quatro escolas. Ceará tem três, Piauí tem duas e Mato Grosso do Sul e Goiás têm uma escola cada. Estados do Norte e Sul do país não aparecem na lista do "top 20".
Analisando os dados do Enem é triste constatar que nenhuma escola do sul está entre as 20 melhores.
A pergunta: Você sabe ler? Tem mesmo o objetivo de provocar o debate para contextualizar o momento a falta de investimento em educação. Um estudo divulgado em meados do ano passado, realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em 24 países, mostrou que a metade dos adultos com baixa proficiência em leitura está desempregada. Feito com pessoas de 16 a 65 anos, o estudo destaca a grande possibilidade de indivíduos pouco qualificados “ficarem para trás” no desenvolvimento dessas sociedades. O Brasil não foi pesquisado.
O estudo vai além e prova que a falta de boa proficiência em leitura e matemática e a pouca aptidão para resolver problemas em ambientes tecnológicos tem prejudicado a força de trabalho nos países ricos. Ainda foi apontado que o uso médio da aptidão em leitura “explica” 30% da produtividade de um país. Ficou ainda comprovado que 50% de adultos de países ricos com baixa proficiência em leitura não têm emprego.
 O trabalho foi realizado pelo Programa de Avaliação Internacional das Competências dos Adultos (PIAAC) sendo criado pela OCDE para avaliar se a população adulta possui as competências exigidas pelo mundo tecnológico atual. Além dos resultados mostrarem que há uma grande parcela da população adulta nos países desenvolvidos que não consegue ler e compreender direito, fazer operações matemáticas mais complexas e interagir com as tecnologias da informação, a avaliação mostra o impacto dessas dificuldades no mercado de trabalho.
Quando observo o resultado tanto do Enem quanto do estudo da OCDE, mesmo sabendo que um não está vinculado ao outro, vejo a necessidade do país em investir na educação. Dentre os 24 países pesquisados estão Estados Unidos, Japão, Alemanha, Inglaterra e mesmo assim as pessoas ainda possuem dificuldades básicas como a leitura.
Portanto, não adianta esperar dos governantes, pois o discurso de campanha é pronto e sempre destacará os investimentos em educação. Comece hoje mesmo por você. Pelo básico, lendo mais, se informando e principalmente estudando e se qualificando em cada oportunidade que surgir e assim verá que não falta emprego para quem se qualifica e tem iniciativa.
 

Porque o Senhor dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento”

Provérbios 2:6

Fonte: José Antônio Costa


 
Veja Mais:

  • 09/11/2018 - Casa de Custódia: sim ou não?
  • 31/10/2018 - Por que Bolsonaro foi eleito?
  • 26/10/2018 - É melhor já ir se acostumando?
  • 19/10/2018 - Eleição de cidade pequena em nível Federal
  • 11/10/2018 - Estamos no 2º Turno!
  • 05/10/2018 - Teremos 2º turno?
  • 28/09/2018 - O protagonismo feminino nas eleições
  • 21/09/2018 - Respeite a opinião alheia!
  • 14/09/2018 - Falta infraestrutura nos programas políticos!
  • 06/09/2018 - 7 de Setembro: Soberania ou Colônia!
  • 31/08/2018 - Os candidatos e suas promessas inviáveis!
  • 24/08/2018 - Todos tiram votos de Bolsonaro!
  • 17/08/2018 - Campanha eleitoral mais restritiva
  • 10/08/2018 - “Todas as mulheres gostam de apanhar”
  • 03/08/2018 - Reta final das convenções
  • 20/07/2018 - Convenções: Quem serão os candidatos?
  • 13/07/2018 - Falta de vacinação, mídias sociais e surto de doenças!
  • 06/07/2018 - Veneno nosso de cada dia!
  • 29/06/2018 - Será o fim da malandragem no Futebol?
  • 22/06/2018 - Ufanismo na Copa!
  • 15/06/2018 - Ler é fundamental!
  • 07/06/2018 - O Mar e as praias de plástico!
  • 01/06/2018 - Tanque cheio, mente vazia!
  • 25/05/2018 - A mobilização dos caminhoneiros!
  • 18/05/2018 - Afinal, o que querem os prefeitos?
  • 11/05/2018 - Para que serve o Dia das Mães?
  • 04/05/2018 - Troca de figurinhas da Copa
  • 28/04/2018 - Diga eu te amo enquanto há vida!
  • 20/04/2018 - Divulgar imagem de cadáver poderá render prisão!
  • 13/04/2018 - E o pobre cada vez fica mais pobre!
  •  
    © Jornal Noroeste - Escrevendo a história de Nova Esperança e região desde 1985
    Rua Governador Bento Munhoz da Rocha Neto, 354 - Sala 101 - Nova Esperança, PR - CEP 87600-000 - Fone 044 3252 3908
    Desenvolvido por Hnet Websites