Sábado, 23 de Junho de 2018
De férias em Nova Esperança, Edilson reencontra seu primeiro treinador e fala sobre seu futuro no Grêmio


29/12/2017

O atleta destacou o ano maravilhoso com o Grêmio com a conquista da Libertadores e a vice colocação no Mundial Interclubes. Propostas de outros grandes Clubes começaram a surgir.

 

O jogador Edilson, cujos familiares residem em Nova Esperança recebeu na manhã de quarta-feira (27) a reportagem do Jornal Noroeste, oportunidade em que falou sobre seu futuro no Grêmio e sua ligação afetiva com a cidade. O atleta enalteceu seu primeiro treinador, José Albino e ambos se emocionaram ao relembrar o início da carreira do até então desconhecido garoto de 14 anos de idade. Os dois pegaram o ônibus e se dirigiram até Gaspar – Santa Catarina onde, no Tupi, time da cidade, deu seus primeiros passos na agora já consagrada carreira.
Sobre 2017, o jogador salientou: “foi um ano maravilhoso. Estamos orgulhosos com o trabalho que foi feito e o título de campeão da Libertadores e vice no Mundial, ambas competições difíceis, além da campanha boa no brasileiro e Copa do Brasil, coroaram este ano perfeito que tivemos”, disse o atleta.

 

Futuro
Muito embora o contrato do atleta com o Grêmio vencerá apenas em meados de 2019, Edilson vem sendo sondado por outras grandes equipes do futebol brasileiro e, ao que parece, seu destino poderá ser o Cruzeiro, da cidade de Belo Horizonte – Minas Gerais. “É normal no mundo do futebol que quando o time vai bem, o elenco se valorize e haja especulações sobre os jogadores. Cruzeiro e outros dois times grandes são possibilidades reais. Quero curtir minhas férias e o destino está sendo traçando”, salientou.
Sobre a final entre Grêmio e Real Madrid, ele destacou: “foi um sonho de todo atleta disputar um jogo desta magnitude. “sofremos um gol bobo, num lance isolado, o que nos custou o Campeonato. Serviu de aprendizado, mas saímos de cabeça erguida, sabendo que fizemos nosso melhor, tanto que a torcida nos recebeu muito bem em Porto Alegre.”, frisou.
Sobre seleção brasileira e a Copa do Mundo que acontecerá dentro de 6 meses, o jogador foi enfático: “se eu tivesse vivido essa fase há um ano atrás, creio que minhas chances seriam mais reais em termos de convocação. Mas enquanto houver chances, há esperança. Existem jogadores de altíssimo nível na minha posição, dentre eles Daniel Alves, mas o ano maravilhoso que tive no Grêmio podem abrir sim as portas. O Tite me conhece, pois já trabalhamos juntos no Corinthians e sabe do meu potencial”, disse.
Sobre seu primeiro técnico, o nova esperancense José Albino, Edilson destacou: “fiz questão de que ele estivesse aqui para esta entrevista, pois foi o cara que desde o início me incentivou e me levou ao meu primeiro Clube. Existem pessoas que nunca fizeram parte da minha vida em Nova Esperança e falam que me ajudaram. Respeito todo mundo, mas a grande verdade é que o grande incentivador de fato foi o José Albino”, desabafou.
Edilson relembrou a tragédia com a Chapecoense, ocorrida no fim do ano passado: “perdi grandes amigos. Foi muito difícil naquele momento absorver o impacto. Uma semana depois tivemos uma grande decisão. Foi muito complicado. Participei recentemente de um jogo beneficente em prol das famílias das vítimas. Foi um sentimento misto entre a solidariedade e a dor da saudade por tão significativas perdas. Temos que estar bem, ao lado de quem amamos, pois a vida é muito passageira”, se emocionou o atleta.

 

Ferramenta de inserção social
Nas suas considerações finais, o jogador pediu que fossem feitos mais investimentos no Esporte do município tanto na infraestrutura quanto na formação de um time para representar a cidade nas competições regionais. “O futebol e outros esportes tiram os garotos das ruas e são importantes ferramentas de inserção social. O pensamento não é apenas de se tornarem jogadores profissionais e sim de dar um direcionamento, tornando-os pessoas de caráter, bons pais de famílias e acima de tudo que vivam de forma digna e honesta, longe do caminho das drogas e da marginalidade. Passo pelo estádio e mal entro naquele local. A situação de abandono é triste. Que no próximo ano em que aqui voltar, o quadro seja diferente.”, solicitou Edilson. Em seguida ele colocou as medalhas de campeão da Copa Libertadores e do vice Mundial no peito daquele que, junto a ele, sonhou seus sonhos: Zé Albino.
Por sua vez, Zé Albino disse: “falar do Edilson é algo que muito me alegra. Sempre foi um cara batalhador e falo a respeito dele para os garotos com os quais trabalho. Com ele não tinha tempo ruim. Sempre foi focado em seus objetivos. Não gostava muito do trabalho físico puxado, mas quando entrava em campo, jogava com uma raça e técnica incomparáveis. Nunca gostou de perder. Sempre quis ser um vencedor e é isto que ele se tornou: vitorioso. Quando o levei para Gaspar, junto com outros dois jogadores ele disse que iria pra lá para se tornar um profissional e disse que não seria caso lhe quebrassem as duas pernas, pois se o fizessem apenas com uma seguiria jogando”, lembrou o primeiro treinador do atleta.
“Todos os títulos que conquistei foram maravilhosos, mais eu quero mais. Sempre imaginei chegar longe em minha carreira. Trabalhei e lutei para alcançar um sonho de criança. Agradeço aos amigos do Jornal Noroeste pela oportunidade e sempre estarem divulgando meu trabalho. Feliz 2018 a todos de Nova Esperança e região bem como aos meus amigos e familiares”, finalizou o lateral direito Edilson Mendes.

Fonte: Alex Fernandes França


 
Veja Mais:

  • 19/06/2018 - Nova Esperança sedia a fase macrorregional dos Jogos Escolares do Paraná
  • 18/06/2018 - Estado leva ações para fortalecer o esporte em 37 municípios
  • 15/06/2018 - Brasil estreia na Copa neste domingo contra a Suíça
  • 14/06/2018 - Rússia e Arábia Saudita abrem hoje a 21ª edição da Copa do Mundo
  • 04/06/2018 - Brasil vence Croácia após entrada de Neymar no 2º tempo
  • 29/05/2018 - Seleção treina hoje na Inglaterra, na preparação para a Copa
  • 28/05/2018 - Seleção desembarca em Londres e treina à tarde no CT do Tottenham
  • 25/05/2018 - Nova Esperança se prepara para sediar a final da macrorregional dos Jogos Escolares e Jogos da Juven...
  • 14/05/2018 - Lista fechada: Tite anuncia os 23 convocados para a Copa do Mundo
  • 04/05/2018 - Torneio do Trabalhador movimentou Nova Esperança no último feriado
  • 20/04/2018 - Município prepara as comemorações ao Dia do Trabalhador
  • 16/04/2018 - “Sou do PCC, vai sentir o gosto da bala”, diz jogador a árbitro no futebol do Paraná
  • 13/04/2018 - 1ª Copa Clube da Justiça de Futebol Suíço
  • 10/04/2018 - Maringá Futebol Clube inicia a semana com duas novidades Atacante e lateral direito são confirmados ...
  • 04/04/2018 - Aos 35 anos, Dagoberto busca retomada no Londrina: "Reescrever minha história"
  • 23/03/2018 - No último fim de semana, Nova Esperança foi palco para as comemorações dos 50 anos do handebol no Pa...
  • 16/03/2018 - 2º Campeonato Maringaense de Muay Thai
  • 22/02/2018 - Careca é o novo reforço do Maringá FC para a sequência do Paranaense
  • 16/02/2018 - 2ª Copa Atalaia de Futsal Regional
  • 16/02/2018 - Projeto Social de Jiu Jitsu em Nova Esperança
  • 16/01/2018 - O Pequeno Grande Mestre
  • 10/01/2018 - Richarlyson chega ao Cianorte pregando humildade: "Uma andorinha não faz verão"
  • 29/12/2017 - De férias em Nova Esperança, Edilson reencontra seu primeiro treinador e fala sobre seu futuro no Gr...
  • 22/12/2017 - Handebol de Alto Paraná é destaque novamente neste ano
  • 22/12/2017 - AABB de Nova Esperança realiza Campeonato de Futebol Suíço
  • 13/12/2017 - Grêmio valoriza terceira final em mundiais e ironiza secação: "Não foi dessa vez"
  • 12/12/2017 - Semifinal do Mundial: tudo o que você precisa saber sobre Grêmio x Pachuca
  • 06/12/2017 - Terno, gravata e sonho do bi: Grêmio embarca para o Mundial nesta quarta
  • 01/12/2017 - Nova esperancense Edilson conquista a Libertadores jogando pelo Grêmio e vai disputar o Mundial Inte...
  • 30/11/2017 - Grêmio dá show e fatura o tri da Libertadores
  •  
    © Jornal Noroeste - Escrevendo a história de Nova Esperança e região desde 1985
    Rua Governador Bento Munhoz da Rocha Neto, 354 - Sala 101 - Nova Esperança, PR - CEP 87600-000 - Fone 044 3252 3908
    Desenvolvido por Hnet Websites