Segunda Feira, 12 de Novembro de 2018
Sétima Arte (Por Odailson Volpe)


07/08/2015
Hollywood, de fato, descobriu a mina de ouro que são as histórias em quadrinhos! Tanto, que nos últimos meses temos constantes estréias desse gênero na tela grande. Existe um panteão de super-heróis tomando conta do nosso imaginário, do nosso bolso, de nossas TVs e cinemas. Quando nos voltamos um pouco ao passado e percebemos o quão desafiador foi filmar Superman – O Filme, aquele com Christopher Reeve, no final dos anos de 1970, entendemos porque demorou tanto para a moda super-herói pegar no cinema. Se você já viu essa franquia antiga do Superman (acho que todo mundo que tenha mais de 25 com certeza já viu, afinal, passava na TV), deve se lembrar dos baixos efeitos especiais, que era última geração para a época, que custavam caro e que não ajudavam muito no andamento da trama. O final dos anos 1980 e toda a década de 1990 tiraram o Superman de cena e deram a vez ao Batman, que teve uma estréia triunfante nas mãos do talentoso diretor Tim Burton (quem me conhece sabe que eu to tietando o Tim Burton nesse artigo mesmo, porque eu sou fã da obra do cara – risos), contando com mais dois filmes, Batman – O Retorno e Batman Eternamente, até declinar com o desastroso Batman e Robin, de 1997, dirigido por Joel Schumacher e que enterrou a franquia do morcegão!
Mal sabia o público em geral que, enquanto a DC Comics (editora americana de mídia e quadrinhos) e os estúdios da Warner tiravam os seus heróis do cinema, a Fox, que havia comprado os direitos cinematográficos de X-Men da Marvel (sua principal concorrente) preparava uma grande estréia, X-Men – o filme, de 2000. Desde então, os heróis dos quadrinhos da Marvel reinam soberanos em todos os cinemas, fazendo milhões com as adaptações promovidas pela Sony (Homem Aranha), Fox (X-men e Quarteto Fantástico) e pelos próprios estúdios da Marvel em parceria com a Disney (Vingadores, Guardiões da Galáxia, Capitão América, Hulk, etc.). A DC Comics até tentou um retorno muito bem-sucedido com a trilogia Batman – Cavaleiro das Trevas, do excelente diretor Christopher Nolan, que fez muito sucesso e agradou a público e crítica. A trilogia de Nolan fez tanto sucesso que abriu as portas para que a DC Comics investisse em Batman vs. Superman – A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida, ambos em fase de produção, que já estão dando o que falar entre os fãs, na internet, mas, mesmo assim, o espaço já foi conquistado pela Marvel e pelo jeito vai ser difícil tomá-lo de volta.
Diante desse contexto, chegou ontem aos cinemas mais uma leva de heróis da Marvel, no caso, um reboot, de O Quarteto Fantástico. Esse grupo de heróis já estiveram no cinema numa primeira adaptação de qualidade duvidosa onde a única coisa boa de se ver era a bela, mas desprovida de talento, Jéssica Alba, nos anos de 2005 e 2007. Interessante é que mesmo sendo um fracasso de crítica e fãs, esses dois filmes, da primeira adaptação, renderam juntos 620 milhões de dólares, uma cifra considerável, ou seja, esse grupo de heróis tem potencial, o que não tiveram foi capricho com a história e adaptação. Agora, O Quarteto está de volta, completamente repaginado, com atores de qualidade e que estão em alta em Hollywood, como é o caso de Miles Teller, o garoto que deu show em Wiplash e que nós já comentamos aqui (ele viverá Reed Richards, um homem elástico) e Jamie Bell, o garotinho que conquistou Hollywood com o filme Billy Elliot e, de lambuja, ainda concorreu a um Oscar no ano 2000 (ele será o Coisa). Vamos à trama!
O filme tem ares de introdução, ao que tudo indica a Fox, mesma detentora dos direitos de X-Men (tanto o Quarteto Fantástico, quanto X-Men pertencem a Marvel nos quadrinhos, mas, num período de crise, seus direitos cinematográficos foram vendidos para a Fox, por isso você não vê esse pessoal no aclamado Universo Cinematográfico da Marvel), pretende abrir uma franquia com vários filmes do Quarteto. A trama, segundo o próprio diretor, Josh Trank, está mais para ficção científica do que apenas um filme de herói, bem por isso, vai agradar a um público muito amplo ao contar a história de quatro adolescentes que são conhecidos por sua inteligência e também pelas dificuldades de inserção social. Juntos, são enviados para uma missão perigosa em uma dimensão alternativa. Nessa dimensão, as coisas não dão muito certo e eles retornam para à Terra com sérias alterações em seus metabolismos, ou seja, ganharam poderes especiais e, assim, tornaram-se o Senhor Fantástico (Miles Teller), a Mulher Invisível (Kate Mara), o Tocha Humana (Michael B. Jordan) e o Coisa (Jamie Bell). Unidos eles irão proteger a humanidade do ataque de Doutor Destino (Toby Kebbell) o clássico vilão do Quarteto.
Está aí, mais um filme de herói para agradar nossa tarde de domingo. Desculpe-me, mas se você ainda é daqueles que acham que herói no cinema é só mais um modismo, sinto em lhe informar que esse modismo, como comentei acima, já dura quase 40 anos e, ao que tudo indica, vai durar muito mais! Por isso, dê uma chance a esse que tem se firmado como um novo gênero cinematográfico e vá ao cinema ver o filme, você não tem nada a perder! 

Fonte: Odailson Volpe

 
Veja Mais:

  • 09/11/2018 - Sétima Arte: Bohemian Rhapsody
  • 26/10/2018 - Sétima Arte: Halloween
  • 19/10/2018 - Sétima Arte: O Primeiro Homem
  • 11/10/2018 - Sétima Arte: Nasce Uma Estrela
  • 05/10/2018 - Sétima Arte: Venom
  • 28/09/2018 - Sétima Arte
  • 21/09/2018 - Sétima Arte: O Mistério do Relógio na Parede
  • 21/09/2018 - Brincadeiras, truques de mágica e muita palhaçada alegraram os alunos do “Comecinho de Vida”
  • 14/09/2018 - Sétima Arte - A Freira
  • 06/09/2018 - Associação Divina Providência realiza 1ª Noite Cultural
  • 31/08/2018 - Sétima Arte
  • 24/08/2018 - Sétima Arte - Slender Man – Pesadelo sem Rosto
  • 17/08/2018 - Sétima Arte - Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível
  • 10/08/2018 - Sétima Arte
  • 08/08/2018 - Museu Rural conta a história da colonização
  • 02/08/2018 - Coach Jaiva Suelen ministra palestra sobre como aplicar conceitos e ferramentas capazes eliminar a z...
  • 16/07/2018 - Coral Municipal: marco da nossa cultura
  • 06/07/2018 - Sétima Arte: Homem-Formiga e a Vespa
  • 29/06/2018 - Sétima Arte: Hereditário e Os Incríveis 2
  • 22/06/2018 - Sétima Arte: Jurassic World: Reino Ameaçado
  • 22/06/2018 - Nova Esperança abrirá votação popular para escolha de um prato típico
  • 15/06/2018 - Sétima Arte: Oito Mulheres e Um Segredo
  • 12/06/2018 - Sétima Arte: Eu Só Posso Imaginar
  • 25/05/2018 - Sétima Arte: Han Solo - Uma História Star Wars
  • 18/05/2018 - Nova Esperança fazendo bonito na Expoingá 2018
  • 18/05/2018 - Sétima Arte - Deadpool 2
  • 11/05/2018 - Sétima Arte - A Noite do Jogo
  • 04/05/2018 - Sétima Arte - Paulo, Apóstolo de Cristo e Verdade ou Desafio
  • 30/04/2018 - Lenir Azevedo é coautora do livro “Equilíbrio: Corpo, Mente e Espírito”
  • 28/04/2018 - Sétima Arte: Vingadores: Guerra Infinita
  •  
    © Jornal Noroeste - Escrevendo a história de Nova Esperança e região desde 1985
    Rua Governador Bento Munhoz da Rocha Neto, 354 - Sala 101 - Nova Esperança, PR - CEP 87600-000 - Fone 044 3252 3908
    Desenvolvido por Hnet Websites