Segunda Feira, 12 de Novembro de 2018
Sétima Arte: A Conexão Francesa


12/08/2016
Após o estrondo (seja para o bem, seja para o mal) da estréia de Esquadrão Suicida, temos uma semana cheia de lançamentos. A impressão que isso gera é que boa parte das distribuidoras deixaram para lançarem seus filmes uma semana após a grande promessa da Warner/DC. De qualquer forma, nem tudo o que chega ao cinema interessa, por isso, de quatro estréias comentarei apenas uma, lógico, a mais interessante de todas.
Essa semana temos, duas Comédias (Perfeita é a Mãe e Um Espião e Meio), uma Animação (Cantando de Galo) e um filme de Ação, com toques de Suspense e trama Policial (A Conexão Francesa), é claro que vou comentar a respeito do último, que é de longe o mais interessante dentre os demais.
Quem acompanha a coluna sabe que eu tive, durante muito tempo, muito problema com filmes franceses, que nunca eram meus favoritos, mas, graças a Deus, houve O Fabuloso Destino de Amélie Poulain em minha vida e tudo mudou, por isso posso afirmar, com propriedade, que a melhor estréia dessa semana é um filme francês.
A Conexão Francesa tem sua história baseada em fatos reais e é um tipo de Poderoso Chefão da França. Além disso, é um filme interessante porque, em tempos de generalizada (ou quase) exaltação heróica de alguns (digo um) juízes brasileiros paladinos da justiça (você sabe de quem eu estou falando – risos) o filme caminha na mesma linha e exalta um juiz francês disposto a acabar com uma poderosa quadrilha de traficantes, nem que para isso ele precise burlar a justiça e plantar provas.
A Conexão Francesa tem ares de superprodução, teve o maior orçamento cinematográfico da França no ano de 2014, conta com cenários incríveis, coadjuvantes de peso e um ritmo alucinante. Tudo no filme é explicito, para que você não precise perder tempo pensando, tem perseguição, tem tiro e tem muita apreensão. Sem dizer que tudo isso está ambientado nos anos de 1970, o que confere um charme todo especial para o longa. Destaque deve ser dado para a caracterização, figurino e maquiagem, você chega a acreditar que o filme realmente foi filmado há muito tempo, na década em questão.
Vamos a Trama! Transferido recentemente para Marselha, o magistrado Pierre Michel, interpretado por Jean Dujardin, logo descobre que seu maior desafio será desmembrar uma articulada quadrilha de traficantes de heroína que domina completamente a cidade. Acabar com a chamada French Connection torna-se sua obsessão e Michel dedica anos de sua vida à missão, acompanhando de perto os passos de Gartan Zampa (Gilles Lellouche), inalcançável poderoso chefão do bando.
O filme chega a ser maniqueísta, é o bem representado por Pierre Michel, que faz caridade e ajuda os jovens em situação de drogadição da sua cidade, contra o mal, Gartan, que impõe medo e terror até mesmo a seus aliados. Uma história verídica, construída de forma simples e com as devidas liberdades artísticas, que promete agradar em cheio ao público que aprecia um bom filme de ação com muito corre-corre e tiros.
Por que ver esse filme? A Conexão Francesa é a refilmagem de um clássico de 1971 (Operação França), que ganhou 5 Oscars em sua versão americana, bem por isso, merece ser visto, pois traz o olhar dos donos da história, os franceses.É um filme que esteticamente tem um colorido marcante, que impõe um ritmo frenético e que exalta a figura do herói comum de forma completa. Além disso, vai despertar as memórias do público para os filmes de gângster ou faroeste, com suas fortes frases de efeito e seus duelos ao por do sol. É muito incomum ver filmes franceses que tenham essa pegada e essa temática serem tão bem executados, só por isso, já vale a pena o ingresso. Esse filme foi produzido para um público específico, masculino e que gosta de ação policial, dito isso, qualquer um que seja adepto desse gênero vai se deleitar ao longo dos 135 minutos de história. Boa Sessão!

Fonte: Odailson Volpe

 
Veja Mais:

  • 09/11/2018 - Sétima Arte: Bohemian Rhapsody
  • 26/10/2018 - Sétima Arte: Halloween
  • 19/10/2018 - Sétima Arte: O Primeiro Homem
  • 11/10/2018 - Sétima Arte: Nasce Uma Estrela
  • 05/10/2018 - Sétima Arte: Venom
  • 28/09/2018 - Sétima Arte
  • 21/09/2018 - Sétima Arte: O Mistério do Relógio na Parede
  • 21/09/2018 - Brincadeiras, truques de mágica e muita palhaçada alegraram os alunos do “Comecinho de Vida”
  • 14/09/2018 - Sétima Arte - A Freira
  • 06/09/2018 - Associação Divina Providência realiza 1ª Noite Cultural
  • 31/08/2018 - Sétima Arte
  • 24/08/2018 - Sétima Arte - Slender Man – Pesadelo sem Rosto
  • 17/08/2018 - Sétima Arte - Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível
  • 10/08/2018 - Sétima Arte
  • 08/08/2018 - Museu Rural conta a história da colonização
  • 02/08/2018 - Coach Jaiva Suelen ministra palestra sobre como aplicar conceitos e ferramentas capazes eliminar a z...
  • 16/07/2018 - Coral Municipal: marco da nossa cultura
  • 06/07/2018 - Sétima Arte: Homem-Formiga e a Vespa
  • 29/06/2018 - Sétima Arte: Hereditário e Os Incríveis 2
  • 22/06/2018 - Sétima Arte: Jurassic World: Reino Ameaçado
  • 22/06/2018 - Nova Esperança abrirá votação popular para escolha de um prato típico
  • 15/06/2018 - Sétima Arte: Oito Mulheres e Um Segredo
  • 12/06/2018 - Sétima Arte: Eu Só Posso Imaginar
  • 25/05/2018 - Sétima Arte: Han Solo - Uma História Star Wars
  • 18/05/2018 - Nova Esperança fazendo bonito na Expoingá 2018
  • 18/05/2018 - Sétima Arte - Deadpool 2
  • 11/05/2018 - Sétima Arte - A Noite do Jogo
  • 04/05/2018 - Sétima Arte - Paulo, Apóstolo de Cristo e Verdade ou Desafio
  • 30/04/2018 - Lenir Azevedo é coautora do livro “Equilíbrio: Corpo, Mente e Espírito”
  • 28/04/2018 - Sétima Arte: Vingadores: Guerra Infinita
  •  
    © Jornal Noroeste - Escrevendo a história de Nova Esperança e região desde 1985
    Rua Governador Bento Munhoz da Rocha Neto, 354 - Sala 101 - Nova Esperança, PR - CEP 87600-000 - Fone 044 3252 3908
    Desenvolvido por Hnet Websites